Get Adobe Flash player

Parceiros Premium

 Rijk Zwaan

 

 

 

Coentro

Nome científico: Coriandrum sativum
Família: Apiáceas (sinonímia: Umbelíferas)
Nome comum: coentro (Brasil); “cilantro ou culantro” (Espanha); “coriandolo” (Itália); “coriandre” (França); ”coriander” (Inglaterra)
Origem: Sul da Europa (região do Mediterrâneo)
Descrição e característica da planta: o coentro é uma hortaliça herbácea, anual, muito usado como condimento, principalmente nas regiões Nordeste e Norte do Brasil. Nas grandes cidades, como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, essa planta é mais consumida pelos migrantes nordestinos e seus descendentes. Nas regiões Sudeste e Sul, a salsa ou salsinha é a preferida, pois muitos não se acostumam com o odor forte e penetrante, característico do coentro (lembra ao do percevejo). As folhas são delicadas, de cor verde-brilhante, constituem a principal parte comestível e comercial da planta. As variedades que florescem mais facilmente são indesejáveis, porque prejudicam o rendimento e a qualidade das folhas. As condições favoráveis ao seu bom desenvolvimento da planta são: clima ameno a quente, não tolera baixas temperaturas, solos férteis, ricos em matéria orgânica e boa disponibilidade de água durante todo o ciclo da planta. A propagação é feita por sementes. Entre as variedades mais plantadas estão: Verdão, Palmeirão, Americano Gigante e Português.
Produção e produtividade: a colheita se inicia 40 a 70 dias após a semeadura, através do corte de plantas inteiras ou colheitas parceladas, pela retirada de folhas mais velhas. Para comercialização, as folhas ou as plantas são amarradas, formando maços ou molhos.
Utilidade: as folhas frescas são muito apreciadas como condimento, principalmente pela população dos estados do Nordeste do Brasil. Além disso, as folhas entram no preparo de diversos molhos, sopas, saladas e no tempero de peixes e carnes. Elas são ricas em vitaminas A, B1, B2 e C.

Newsletter

Facebook