Get Adobe Flash player

Parceiros Premium

 Rijk Zwaan

 

 

 

Calor acelera oferta do tomate e derruba os preços em SP

No município de Itapeva, produtores descartam o produto depois que o preço chegou a R$ 5,00 a caixa

 

O tomate, que já foi o vilão da inflação, agora sofre uma das maiores desvalorizações de sua história. A elevada oferta derrubou o preço do produto que fechou dezembro cotado em R$ 16,00 a caixa de 20kg. O valor é o menor patamar desde o começo do ano de 2016.

Tomate enfrenta uma das maiores desvalorizações da história

Tomate enfrenta uma das maiores desvalorizações da história

 

Em Itapeva, interior de São Paulo, muitos produtores descartaram os tomates porque por lá a cotação chegou a R$ 5,00 a caixa da variedade salada A.  Segundo apuração do Cepea/Esalq, a queda se agravou por conta do calor, que acelerou a maturação do tomate aumentando ainda mais a oferta na região.

Por conta dos preços baixos, a área plantada deve reduzir na safra verão 2016/17. O levantamento do Cepea indica uma queda de 13% no Paraná e 11% em São Paulo.  Por outro lado, a área deve aumentar no Rio de Janeiro e em Santa Catarina, estados onde os preços estão mais remuneradores.

Entre novembro de 2015 e maio de 2016, o preço médio da caixa de tomate foi de R$ 40,35, cobrindo o custo de produção estimado em R$ 28,00 a caixa. Os dados são do Cepea/Esalq.

 

Fonte: http://www.uagro.com.br/editorias/agricultura/flores-frutas-e-horti/2017/01/06/calor-acelera-oferta-do-tomate-e-derruba-os-precos-em-sp.html

Newsletter

Facebook